Métodos do Treino da Força

Começamos hoje uma série de posts dedicados aos métodos do Treino da Força. Nestes posts a apresentação será de caráter teórico e geral embora para breve colocaremos a aplicação prática dos mesmos e para diferentes modalidades.
Segundo Zatsiorski, existem três métodos principais do desenvolvimento da Força. Para este investigador as duas orientações principais são o desenvolvimento da Força Máxima e o desenvolvimento da massa muscular. Estas duas direções não são completamente dissociadas mas possuem os seus próprios sub-métodos para alcançarem os objetivos pretendidos.
Para o desenvolvimento da Força será então necessário submeter os músculos a tensões máximas. Isto pode-se obter de duas maneiras :
1-treinando com cargas máximas.
2-treinando com cargas sub-máximas mas até á fadiga ou á velocidade máxima.
Para obter uma tensão máxima, a solução mais simples consiste em levantar cargas máximas.
Zatsiorski, chamou-lhe o método dos “ESFORÇOS MÁXIMOS”. Apesar da sua eficácia, não se pode utilizar sempre, como veremos mais tarde.
Por causa disso, teremos que utilizar dois outros métodos diferentes:
Repetir a carga até á fadiga, método dos “ESFORÇOS REPETIDOS “,ou executar o exercício á velocidade máxima, método dos “ESFORÇOS DINÂMICOS”. Estes métodos interagem entre si, ao longo de uma época desportiva.

MÉTODO DOS ESFORÇOS MÁXIMOS

Este método utiliza cargas pesadas de uma a três repetições máximas . O trabalho realiza-se a 90% do Indice Máximo de Força do atleta( 1 RM).
O tempo de recuperação entre séries será, conforme os objetivos pretendidos, entre 5 minutos e 7 minutos.
O número de séries por exercício será de 3 a 5, em função do nível de treino do atleta.

2011 Weightlifting Junior nationals 2011

VANTAGENS

Este método é extremamente eficaz, devido ao impacto sobre o sistema nervoso, promovendo as “aquisições nervosas” e solicitando o recrutamento ordenado das unidades motoras. Simultaneamente promove grandes ganhos ao nível da coordenação.
Podemos classificar este método como “QUALITATIVO”, pois é levado à prática realizando um pequeno número de séries por exercício e um pequeno número de repetições por série.

INCONVENIENTES

Este método exige um aquecimento muito específico e completo, e algum tempo de experiência do atleta no treino de musculação com cargas. Este método, precisa também de uma larga recuperação entre unidades de treino, sendo aconselhado o intervalo mínimo de sete dias e máximo de catorze.
Como treinar uma vez Força por semana é insuficiente, necessitamos portanto de outros métodos, que irão interagir entre si ao longo da época , consoante a PERIODIZAÇÃO aplicada à modalidade desportiva praticada e aos objetivos programados.

CONCLUSÃO

Este método é extremamente eficaz, qualitativo e permite aumentar significativamente os níveis de Força, sem contudo, aumentar a Massa Muscular.
Os efeitos retardados de treino são de seis semanas.

Anúncios

One thought on “Métodos do Treino da Força

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s